Ficção de uma Vida Real



                      
Wendy vivia uma vida pacata sem muita diversão e adrenalina.
Criada em um berço cristão, Wendy sabia exatamente distinguir o certo e do errado, o caminho bom do caminho ruim para a vida dela. Isso fazia com que ele pensasse sempre duas vezes antes de tomar qualquer decisão na sua vida.
Ela ia frequentemente a igreja, e talvez isso fez com que pensassem, as pessoas ao seu redor, que ela estava bem com Deus 'oh, como Wendy e recatada e boa moca' diziam as pessoas membros da tradicional igreja!

Mas Wendy sabia que não estava bem, e que seus bons modos eram apenas aparência. Mas não que ela tivesse a intenção de passar e sim porque ninguém nunca realmente a havia procurado para saber se tudo estava bem em sua vida.

Só ela sabia das noites em noites que passava em claro devido a insônia e profunda solidão;

Só ela sabia das perturbações que assolavam sua mente e da agonia que surgia em seu peito em cada anoitecer.

Wendy vivia o verdadeiro inferno dentro de si... Mas não, ninguém podia saber disso.
"O que irão pensar a meu respeito" falava a mente dela para ela mesmo a todo momento que ela 'decidia' se abrir com alguém.

Seu orgulho e vaidade não a permitia descer do seu salto.
Wendy pensava que tudo podia, mas no fim de tudo só ela sabia toda dor que carregava..

Foi então que ela resolveu experimentar algo mais: as drogas!
Que mal tem né. E seus "amigos" 
gritando cada vez mais forte: "Vái Wendy vai desistir sua fraca". 

E ela foi, movida pelo orgulho passou aquela noite inteira usando drogas com seus 'Amigos'.
Repetiu a dose por todas as noites que seguiram, afinal era seu alento, pelo menos assim ela conseguia esquecer todo sofrimento e loucuras de sua cabeça.

Wendy aos poucos se afastou da igreja sem que alguem conseguisse perceber a tempo de ajuda-la, estavam muito atarefados com suas responsabilidades matinais.
Chegou a um ponto em que ela sequer passava perto da igreja que frequentou desde sua infancia, saiu de casa, começou a namorar um rapaz qualquer que a engravidou!

Bebia, fumava e usava drogas todos os dias...
Wendy começou a se ver caminhando para o fundo do poço.

Não tinha mais dinheiro, estava gravida, o namorado simplesmente a abandonou assim que soube da gravidez, e agora ela era uma dependente química!

O que ela faria de sua vida?
Se tornara agora apenas mais uma estatística, mas uma pobre jovem destruída.

Certo dia depois de chorar a noite inteira sobre o seu velho travesseiro naquela casa que mais poderia ser chamada de barraco, olhava para sua barriga ja prestes a dar a luz e olhava também ao seu redor. Para que mundo traria seu bebe, um anjo tao inocente que sequer desfrutaria de um pacote de fraldas.

Ela apenas esperava que alguém pudesse ligar para o seu telefone oferecendo ajuda mas percebeu que perdeu tempo demais esperando sempre que alguém lhe ajudasse, perdeu tempo demais sentindo pena de si mesma, vendo que ninguém apareceu, Wendy caiu em si.

- Espera, o que eu fiz com a minha vida? Eu cheguei ao fundo do poço e agora não sei como sair,o que vou fazer?

A unica solução seria dar um fm a toda aquela dor, e nao permitir que seu bebe chegasse a esse mundo que ela mesmo havia destruído. Pensou que tirar sua vida seria a solução...

Continua.
B.P. Vidal

E ai, esta gostando desse conto, deixe seu comentário que amanha tem o final dessa historia emocionante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário